Negociação UFRRJ ITR

Forum de discussão sobre a matéria de Negociação ministrada pela professora Elizabeth na UFRRJ ITR


    ADMINISTRAÇAO DE CONFLITOS

    Compartilhe

    Larissa Veloso

    Mensagens : 6
    Data de inscrição : 31/03/2015

    ADMINISTRAÇAO DE CONFLITOS

    Mensagem por Larissa Veloso em Qui Abr 02, 2015 6:22 pm

    *FORMAS DE ADMINISTRAÇÃO DE CONFLITOS:
    -Intervenção Estrutural - conflitos de causa real (Exigem menor grau de habilidade e lidam com os antecedentes do conflito): o conflito se forma das percepções criadas pelas condições de diferenciação, recursos limitados e escassos e de interdependência. Se o gestor agir sobre algum desses elementos geradores, a situação conflitante poderá ser controlada mais facilmente.

    -Intervenção no Processo  – Conflitos de causa emocional (Exigem grande habilidade e conhecimento do comportamento humano):  essa abordagem procura reduzir conflitos através da modificação de processos, podendo ser realizada por uma parte do conflito, por pessoas de fora ou uma terceira parte, e pode ser conduzida de três formas: a desativação do conflito, onde uma das partes opta pela cooperação promovendo o acordo; reunião de confrontação entre as partes, em que são abertos os motivos do conflito de maneira mais direta entre os envolvidos; ou colaboração, que ocorre após passadas as etapas anteriores, com as duas partes buscando uma resolução vantajosa para todos.

    -Intervenção Mista -  Conflitos de causa mista (Requerem razoáveis incursões no campo das emoções, percepções e sentimentos):  envolve tanto os aspectos estruturais como os de processo, e pode ser feita através da adoção de regras para resolução de conflitos, ou criação de papéis integradores.

    *ESTILOS DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS:
    -Pressionar: estilo duro, pressão, conflito, agressividade, rapidez. Vantagens: se funcionar, mais eficaz (- tempo, - energia). Desvantagens: baixa motivação, boicote, etc.
    -Trocar e conceder: avanços e recuos, típicos de um processo negocial. Vantagens: consegue-se muito em pouco tempo “a coisa anda”. Desvantagens: freqüente sensação de “quero mais”.
    -Evitar o problema: “jogar para debaixo do tapete”. Vantagens: evita-se o risco de perder, mas também não se ganha nada. Desvantagens: questões aparentemente pequenas podem se tornar muito grandes e demandar muito mais esforço para serem solucionadas.
    -Capitular: recuar, se render, aceitar perdas desnecessárias para evitar o conflito, a conversa difícil. Vantagens: economia de tempo e de desgaste quando reconhece que a outra parte tem mais poder e/ou posições mais defensáveis que as suas. Desvantagens: pode-se perder desnecessariamente, profissionalmente é mal visto pois é tido como uma forma de fraqueza.
    -Enfrentar - resolver problemas: chega-se a uma mesa de negociação com igualdade de poder e disposição para trabalhar em prol de um acordo que seja bom para ambos os lados. Vantagens: ter contribuído para uma solução conjunta melhora a auto-estima. Desvantagens: demanda tempo, habilidade e paciência.

    *FORMAS DE INTERVENÇÃO:
    -Negociação: visa compatibilizar interesses das partes pela via direta.
    -Mediação: processo de autocomposição das controvérsias, usada quando as partes esgotam a negociação direta. Identifica interesses, constrói em conjunto alternativas de solução e estimula as partes a encontrar soluções adequadas.
    -Conciliação: requer do conciliador um conjunto de habilidades de investigação e de ouvinte. Tenta convencer as partes a alcançarem um acordo que, mesmo não sendo totalmente satisfatório, poderá limitar o conflito e minimizar perdas.

    Não existe estilo certo ou errado para gerir conflitos, cada um pode ser apropriado dependendo da situação, porque nem todo conflito é igual e nem todo conflito deve ser abordado da mesma forma.

      Data/hora atual: Seg Jul 24, 2017 5:31 pm